DONA CHIQUINHA

Como tudo começou, Reuniões, Dependências, Sede, etc…
Dona Chiquinha “Hoje, em nossa memória” Médium Psicofônica e Vidente, foi a precursora do Espiritismo nesta cidade de Bom Jardim durante 40 anos ininterruptos. Empregou suas faculdades mediúnicas assistindo espiritualmente todos os aflitos que a procuravam, tendo neste mister, sofrido perseguições as mais diversas, principalmente, por parte dos adeptos da religião dominante na época.

Com o desencarne de D. Chiquinha, ocorrido em julho de 1980, seu neto, Francisco Barbosa, mais conhecido como Chico Espírita, iniciou o movimento espírita na cidade, distribuindo mensagens espíritas e convidando, pessoalmente, as pessoas para assistirem as suas reuniões durante um ano, na sala de espera de sua própria residência, com cadeiras emprestadas pela vizinhança, realizou sessões evangélico-doutrinárias, transferindo-as depois para a primeira sede que consistia em 2 salas.
Cinco anos após sua fundação, o C. E. H. P. é transferido para a sua atual sede: R. Josimar Melo S/N – Bom Jardim – CEP: 55730 000 – Pernambuco – PE ~ Devido ao sempre crescente número de frequentadores, foi-se ampliando, criando-se salas para passes magnéticos, consultas espirituais e distribuição de produtos naturais, feitos com folhas, raízes … para alimentos e chás.

Nossas Atividades:
As atividades social e espiritual estão voltadas àqueles que acreditam no nosso trabalho bem como, reciprocamente, acreditamos na boa fé de cada irmão que nos procura em busca de ajuda. Em geral, são pessoas humildes, sinceras, benevolentes! E assim … com o carinho dos que fazem o CENTRO ESPÍRITA HERCULANO PIRES e com as nossas vibrações de paz, temos conseguido transferir para nossas visitas, proteção, sucesso e saúde. Encaramos nosso trabalho com seriedade e respeito a todos que confiam em nós. Nossa principal preocupação é ajudar aos que batem a nossa porta: sempre é bom ter um amigo, um irmão para desabafarmos as angústias, remorsos, dores e as nossas lágrimas!

O C.E.H.P. tem realizado obras caritativas desde o início de sua fundação: brindes são destinados às pessoas carentes no Dia das Mães, Dia das Crianças e no Natal dos Pobres. São distribuídas feiras básicas para famílias pobres e produtos naturais como chás, raízes, folhas e bálsamos para os carentes. Realiza ainda visitas fraternas, reuniões evangélicas na Zona Rural; ministra aulas de catecismo espírita a uma média de 30 crianças por reunião, atende a consultas espirituais às quartas e sábados e mantém a Escola de Datilografia Allan Kardec